segunda-feira, 24 de abril de 2017

Premiação no POESIA NA ESCOLA



ESTOU feliz como da primeira vez, em 1993, ano em que ingressei na Rede Municipal de Ensino e que estreei no POESIA NA ESCOLA.  

Não sei dizer quantos poemas tenho já publicados nessas coletâneas, que fazem parte de um excelente projeto da SME, agora SMEEL (Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer), mas quase sempre era premiada. Isso foi, aos poucos, me convencendo de que algum valor minha poesia tinha...  

Escrevo desde a adolescência. Há pouco tempo, no entanto, é que ouso me considerar uma POETA...  

E mais um motivo para me sentir envaidecida é estar lado a lado com outros poetas, colegas da rede, alguns muito próximos de mim e chegados ao meu coração. Parabéns para nós, Giano Azevedo, Vera Lucia Goes Bastos, Marcelo Freire, Diego Knack, Michel Serpa. VIVA A POESIA!!!  

Uma errata: verso final do meu poema com um r a menos na palavra "murros".


MEU POEMA PREMIADO NA EDIÇÃO 2016 DO PROJETO POESIA NA ESCOLA:

POESIA DOS MUROS



terça-feira, 4 de abril de 2017

AULA DE HOJE


                   SOBREVIVENTE
                   Substantivo comum de dois
                   Gêneros
                   A/o que não espera pra depois
                   Pois sabe que tudo é efêmero

                   Exemplo:
                   Julie Ferreira
                   Guerreira
                   A que não aceita rasteiras
                   A que passou a vida inteira
                   Repetindo a si mesma:
                   "Queira ou não queira..."

                   So-bre-vi-ven-te
                   Felicidade não é pra toda gente?
                   Silabicamente,
                   Não é assim que ela sente.

                   Que sejam momentos apenas...
                   Por que não, mesmo que poucos,
                   Colecioná-los, então?

                   A aula de hoje
                   Quem dá é ela,
                   Julie Ferreira:
                                         Sobre
                                                   o
                                                       Viver...

KLARA RAKAL
03.04.2017
Presenteando a JULIE
por seu aniversário ontem,
com carinho.


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O Pescador e a Ilha

O Pescador e a Ilha - imagem de Luiz Bhering

O PESCADOR E A ILHA

A ilha observa o pescador jogar sua linha
Lá no fundo...
E suspira, profundo.
O mar ao redor se oferta.
Nuvens se confundem com a espuma das ondas que quebram.
O tempo quase para: pra que a pressa de correr?
No final alguém há de morrer:
O peixe será o alimento
Que justifica a paz desse momento...

KLARA RAKAL
31.01.2017

Com admiração para o poeta das imagens: Luiz Bhering